December 2, 2016 | Posted in:Artigos & Opiniões

 

Numa altura em que a questão da igualdade de direitos continua a ser um tema bastante em vogue em grande parte por causa da questão dos migrantes/refugiados relativamente aos conflitos na Síria, a música que trago para este mês enquadra-se bem nesse tópico sendo “Equal Rights” de Peter Tosh, um pioneiro do reggae jamaicano.

Tosh canta que  “I need equal rights and justice, we got to get equal rights and justice and there will be no crime, equal rights and justice”. Atualmente a questão da igualdade de direitos deveria ser um tema praticamente inexistente contudo não é o caso. Quer pela questão dos migrantes, a contínua sucessão de falta de direitos femininos em vários países em desenvolvimento e em sociedades em que o homem predomina ou até às questões raciais que surgem na América do Norte, entre outras continuam a existir inúmeros casos de violação desses direitos. Uma luta que já vem do passado e de várias partes do mundo como é referido na música: “Palestinians are fighting for equal rights and justice, down in Angola, equal rights and justice, down in Botswana, equal rights and justice”.

Existem, atualmente, várias violações dos direitos humanos um pouco por todo o mundo é verdade mas esta da igualdade é uma que não deve nem poderá ser esquecida. Poucas vezes referida nos mídia internacionais esta luta continua a persistir ao longo de décadas sem fim à vista. Num mundo em que todos somos iguais na nossa génese destaca-se muito o querer paz sem que se pense muito na justiça, sendo que o cantor desta música refere que mais do que paz, é preferível haver justiça e direitos iguais por todos e para todos. E se estes existissem decerto a paz seria muito mais duradora e as aclamações por ela menores.

 

Ruben Afonso

Be the first to comment.

Leave a Reply

*



You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>